ePrivacy and GPDR Cookie Consent by Cookie Consent
Home > Blog com conteúdo exclusivo

Blog

Guia Completo para uma Noite de Fondue Perfeita

Notícias

O post de hoje é um guia completo sobre como organizar a noite do fondue perfeita nesse Dia dos Namorados ou em qualquer outra ocasião especial com o seu amor, com os amigos ou com a família.Experimentar um fondue já é em si uma experiência super completa, diferenciada e versátil, que combina com qualquer evento: aniversário, jantar romântico, reunião de família ou de amigos, etc. A experiência pode render ótimos momentos, então se você está em busca de uma ocasião bacana e diferente, fica com a gente até o final. 😊Utensílios para o Fondue PerfeitoO fondue é uma iguaria consumida majoritariamente no inverno, e tem uma consistência cremosa, portanto demanda uma fonte de calor constante para que não esfrie. Sabe quando vamos a casamentos, festas de aniversário ou mesmo restaurantes, em que os alimentos ficam armazenados em buffets? O nome desse aparelho é réchaud, e existem no mercado vários tipos, com várias finalidades diferentes.Aquele aparelhinho de fondue, que vem com vários garfinhos, é um tipo de réchaud. Como você deve saber, esse aparelho vem com um pequeno fogareiro, que precisa ser preenchido com álcool em gel ou líquido, dependendo da versão e depois acendido com isqueiro ou fósforo.Também existem modelos em que o acendimento é feito com velas, normalmente usados para as modalidades doces do prato – o chocolate demanda uma temperatura menor, então a vela faz bem a vez do fogareiro.Dica: cada fondue demanda uma temperatura diferente, e essa informação virá explicada no rótulo do fondue. Se a temperatura estiver alta demais, pode queimar e estragar o molho; se estiver baixa demais, pode esfriar. É possível controlar a intensidade da chama abrindo ou fechando os orifícios do fogareiro, como se fosse uma boca de fogão.Dica 2: aparelhos de fondue feitos com cerâmica são melhores para fondue de queijo, doce de leite e chocolate, enquanto os de inox e alumínio são melhores para fondue de carne e frutos do mar. O ideal é ter pelo menos um de cada para poder servir mais de um molho ao mesmo tempo e evitar ter que ficar lavando louça no meio do evento.Cada participante da noite do fondue deve ter o seu próprio garfinho para poder consumir à vontade. Certifique-se de que haja garfinho para todos. Não se esqueça também dos recipientes para os acompanhamentos, como pães, frutas ou carnes. Escolha potes suficientes para não precisar repor muitas vezes, assim você poderá curtir melhor a noite.● Recomenda-se o preparo dos molhos de queijo e chocolate numa panela à parte, no fogão, e depositar no aparelho só na hora de servir e manter a temperatura.● É possível ter uma noite do fondue em uma panela tradicional que se mantenha quente, caso você não tenha o aparelhinho em casa, mas com os utensílios corretos a experiência é mais completa.Preparativos para a noite do fondue perfeitaJá demos algumas dicas nesse outro post sobre como preparar o ambiente para uma noite romântica de Dia dos Namorados, mas como hoje estamos falando de fondue, especificamente, vale a pena falarmos sobre os preparativos. Ah! Se você ainda não estiver sabendo, preparamos uma playlist super legal para animar a sua fondue night: acesse clicando aqui. ● A mesa ideal é a redonda, porque assim todos ficam na mesma distância e todos têm o mesmo acesso. Se você não tiver uma mesa redonda, experimente planejar uma refeição no chão mesmo, com a ajuda de cobertores, almofadas e tapetes. Não deixa de ser divertido!● Distribua os acompanhamentos em vários potes, no centro das pessoas. Se não quiser usar potes grandes, use vários potes pequenos com porções menores, mas certifique-se de que todos tenham acesso fácil a todos os acompanhamentos. ● Se você estiver numa noite romântica, aposte em louças especiais, toalhas novas e bonitas, velas espalhadas pelo ambiente e o que mais você tiver em casa para valorizar o lugar.Dica importante: acerte a mão na quantidade de molho e de acompanhamentos, para evitar que alguém fique sem e, por outro lado, desperdícios. Em média, cada pessoa come cerca de 300 gramas de acompanhamentos mergulhados no fondue. ● Para agilizar o processo, compre misturas prontas de fondue no Covabra.● Antes dos convidados chegarem, deixe tudo pronto: mesa posta, molhos preparados e acompanhamentos picados.● Uma dica para os acompanhamentos de fondue doce: pingue gotinhas de limão nas frutas cortadas, assim elas não vão oxidar rapidamente e escurecer.● Você pode preparar coberturas para o pós-mergulho no fondue, como: coco ralado, nozes trituradas, frutas secas, raspas de chocolate etc.Dicas para manter a segurança e a higiene na noite do fondue● Sempre proteja sua mesa ou o piso da temperatura.● Ajude crianças, idosos e pessoas com mobilidade reduzida na hora de se servirem para evitar acidentes e queimaduras.● Ao usar o fogareiro com álcool, nunca jogue água para apagar, porque isso provoca uma pequena explosão, o fogo pode se espalhar e causar um incêndio e queimaduras. Apenas cubra a chama com a tampa do fogareiro; isso corta o oxigênio e o fogo se apaga.● Cuidado com a temperatura não só dos molhos, mas também dos garfos. Assopre antes de levar à boca para evitar queimaduras também.● Quando você estiver com amigos na noite de fondue, evite colocar o garfinho na boca e depois no molho novamente. Coloque em um prato ou então coma sem encostar a boca no garfinho.● Os garfinhos são coloridos justamente para que cada um identifique o seu. Evite confusões e memorize as cores.● Depois de mergulhar o acompanhamento no fondue, não se esqueça de dar batidinhas para evitar respingos e bagunça.Dicas específicas para o preparo dos fondues● Use álcool caso o fondue fique muito espesso; no caso do de queijo, usa-se muito o vinho branco seco.● Os queijos mais escolhidos para fondue são o Emmenthal e o Gruyère, mas como dissemos acima, você encontra massas prontas para fondue no Covabra. Nada impede, porém, se você mesmo fazer uma receita em casa; a única orientação é que sejam queijos fáceis de derreter e que possam ser combinados entre si.● Sempre que o fondue ficar encorpado demais você pode acrescentar líquidos. Vinho para queijo e creme de leite para fondue de chocolate.● Aposte em elementos que aromatizam o fondue, como conhaque, canela ou licor. Fica uma delícia!● Não se esqueça de harmonizar o fondue com um bom vinho. Veja as dicas sobre harmonização nos próximos itens.Sobre o FondueExistem duas modalidades mais conhecidas de fondue: aquela em que se mergulha o acompanhamento no molho, mais tradicional, e também aquela em que preparamos a carne antes e mergulhamos os pedacinhos de carne picados no molho.Existem várias receitas e você pode brincar de criar a sua em casa, mas as que fazem mais sucesso são as doces, que podem conter leite em pó, goiabada, creme de avelã, chocolate branco ou doce de leite. Nos próximos tópicos vamos explorar as receitas mais conhecidas e também daremos dicas de acompanhamentos que combinam perfeitamente com cada molho. Fondue de queijo: dicas de preparo e melhores acompanhamentosO fondue de queijo pode ser encontrado pronto no Covabra, só para derreter em casa, ou você pode preparar a sua própria receita: aposte em queijos meia cura, como o Gruyere, Emmental e Gouda. Rale cada um e derreta-os juntos. A proporção fica a seu critério: aquele que você gostar mais, deixe em maior quantidade. Use vinho branco seco para deixar a mistura mais cremosa.Dica de preparo para o fondue de queijo: passe um dente de alho na panela antes de preparar a mistura para que os queijos fiquem mais aromáticos. Os acompanhamentos ficam por conta do gosto do freguês: imagine o que combina com queijo e pode ser cortadinho e vá em frente! As opções são inúmeras:● Batatas cozidas● Pães – francês, sovadinho, italiano, bisnaguinha, de queijo, chipa, etc● Cenouras cozidas● Brócolis● Tomatinho cereja● Couve-flor● Cogumelos● Palmito● Aspargos● Linguiça calabresa● Salsicha● Cubos de carne – filé mignon ou alcatra● Cubos de presunto● Cubos de queijos maturados - estepe, gorgonzola, provolone ou parmesão● Bacon em fatias● Goiabada● Damasco● PêraFondue de carne: dicas de preparo e melhores acompanhamentosCaso a sua opção seja fondue de carne, prefira os cortes mais macios como, filé mignon, contrafilé ou alcatra. Pique a carne em cubos, frite no óleo ou azeite – o tempero é a gosto, você pode usar alho e pimenta-do-reino ou então deixar sem tempero.Os melhores molhos são, sem dúvida, béarnaise, aioli, mostarda dijon, tártaro e barbecue. Você pode escolher um ou então preparar todos e deixar que os convidados escolham a melhor opção.Uma das partes mais importantes do fondue de carne são os acompanhamentos; você pode apostar em geleias doces, como a de hortelã ou amora. O contraste é bem saboroso. Você também pode inovar, servindo peixes, frango ou carne suína. Só tome cuidado com as quantidades, para não desperdiçar. Veja outras opções de acompanhamento:● Picanha suína● Linguiça calabresa● Pepino● Palmito● Picles● Cebola● Tomate cereja● Cenoura● Pães - francês, sovadinho, italiano, bisnaguinha, de queijo, chipa etc● Queijo coalho em cubos● Molho de alho● Chimichurri● Chutneys● Manteiga de garrafaFondues doces: dicas de preparo e melhores acompanhamentosDo mesmo jeito que se faz o fondue de queijo, também é feito o de chocolate. É possível inovar servindo um fondue de doce de leite. A ideia é a mesma.No caso do fondue de chocolate, o que vai mandar no sabor é o blend, ou seja, a mistura que você vai fazer. É possível misturar vários tipos de chocolate: meio amargo, ao leite, branco etc. Cuidado com a temperagem do chocolate para que não estrague.Aqui o creme de leite é um grande aliado: depois de derreter o chocolate, acrescente uma quantidade suficiente de creme de leite para deixar a mistura bem cremosa. Veja abaixo as melhores sugestões para acompanhamentos:● Frutas frescas picadas – uva, morango, kiwi, maçã, banana, figo● Frutas secas picadas● Suspiros● Marshmallows● Bolas de sorvete bem firmes● Biscoitos doces – wafer, bolacha maria, recheados● Casquinha de sorvete ou biju● Waffles● Mini churros● Panqueca picadaHarmonizando fondue com vinhoO vinho não pode faltar na sua noite do fondue, é claro! A bebida é o toque final para uma noite perfeita! Veja abaixo algumas dicas de harmonização.Fondues salgados: dicas de harmonizaçãoPara o fondue de queijo aposte em um vinho rosé ou branco, mas escolha opções menos doces e mais ácidas, para equilibrar a gordura do queijo. No caso do fondue de carne, escolha os tintos. Os vinhos da Borgonha são os que melhor se encaixam, como os Pinot Noirs, vinhos leves que casam bem com carnes e molhos.Fondues doces: dicas de harmonizaçãoPor aproximação, o melhor vinho para fondues doces é o Vinho do Porto, por seu sabor doce e teor alcoólico mais elevado. Perfeito para dias mais frios e dia de fondue! Caso você opte por uma versão mais amarga de chocolate para o fondue, aposte em um tinto frutado, assim os sabores ficarão mais equilibrados.Dicas extras para a noite perfeita do fondue● Para engrossar: se o fondue ficar muito ralo, adicione amido de milho aos pouquinhos, na mesma quantidade da bebida alcoólica que você estiver usando na receita.● Para afinar: adicione mais da bebida alcoólica na receita, mas com parcimônia; vá adicionando e mexendo bem.● Para o fondue de queijo: não pique o queijo, rale! Assim o derretimento será mais rápido e uniforme. Ralar também causa um efeito maior de suavidade e cremosidade no resultado final.● Cerveja: você pode substituir o vinho por cerveja no preparo. Na harmonização, porém, o vinho é melhor.● Se sobrar: use o fondue de queijo que sobrar como molho para saladas, legumes, ovos ou batatas. No caso do fondue de chocolate, se sobrar, você pode usar para comer com frutas ou então como cobertura de bolos e doces. Desperdício zero. 😊Depois conta pra gente se a sua noite do fondue deu certo com todas as nossas dicas! Aproveite a experiência e até o próximo post.

11/06/2021

Dicas para Celebrar o Dia dos Namorados em Casa

Dicas

O Dia dos Namorados é uma das datas mais importantes para os casais do mundo todo, e pela segunda vez, teremos que celebrar esse amor em casa, afinal de contas, a pandemia não acabou. Mas veja pelo lado bom: quando a gente ama, não importa o lugar, o tempo ou a situação,  namorar sempre rende muitas histórias bonitas.Hoje viemos falar sobre como você pode planejar um belíssimo Dia dos Namorados sem precisar sair de casa, mas atenção: requer organização, tempo hábil de preparo e muita dedicação para surpreender o seu amor. Se você quiser saber todas essas dicas, fique com a gente até o final.Dia dos Namorados em Casa:Por mais que sair para jantar, pegar um cinema ou fazer um programa a dois seja super divertido e ajude a produzir boas lembranças do relacionamento, passar o Dia dos Namorados em casa pode ser surpreendente, se você embarcar nessa com o estado de espírito certo. Tudo depende de como você encara a situação e o que dá pra fazer com a estrutura que você tem.Dica 1: Criando o ClimaPense comigo: quando você planeja um jantar romântico, qual é a coisa mais legal? O clima! Ao chegar em um restaurante chique, o clima é sempre à meia luz, uma música ambiente, normalmente voltada aos casais apaixonados, pouco barulho, pessoas bem vestidas e bem arrumadas... Você pode ter tudo isso em casa! Ao invés de pagar o preço por um clima já pronto, você pode criar o seu próprio clima!●Prepare o ambiente e o deixe mais aconchegante e acolhedor. Faça uma boa limpeza na casa, organize as bagunças do dia a dia, aposte em um odorizador de ambientes bem suave. Mantenha a iluminação mais suave também, abuse das almofadas, cobertores, tapetes felpudos, enfim, aproveite os recursos que você tem em casa.●Faça o jantar de vocês com as suas próprias mãos (veja as próximas dicas).●Selecione uma boa playlist, com músicas românticas para ajudar a criar o clima. Nós montamos uma super legal no Spotify! Acesse-a clicando aqui.●Certifique-se de que vocês não serão incomodados durante a celebração. Dica 2: Harmonize o Prato com um Bom VinhoNão existe bebida mais romântica do que um bom vinho, e uma das categorias mais versáteis é o vinho Rosé, por ser leve e refrescante. Ele vai bem com uma série de pratos, como saladas, peixes, carnes brancas e até massas. Portanto, se estiver na dúvida de qual vinho escolher para o seu Dia dos Namorados em casa, aposte no Rosé, que a chance de sucesso é muito grande. Veja algumas ideias de receitas que harmonizam bem com o vinho rosé:Tábua de frios ou de canapésUma boa tábua de frios é muito simples de fazer. Basta comprar os frios e queijos que você quiser, cortar e colocar sobre uma tábua de madeira que você já tenha. Aproveite a oportunidade para comprar aqueles queijos e frios diferentes que você sempre teve vontade de experimentar. É uma boa pedida porque é fácil de fazer, é diferente e pode surpreender o seu amor.Você também pode montar uma tábua com vários canapés, que também são simples de fazer. Faça vários tipos e brinque de experimentar cada um deles. Pode ser uma experiência muito bacana de curtir ao lado de quem você ama.Porções fritasO vinho Rosé também casa super bem com finger foods e porções fritas. Aposte em tirinhas de frango, batatas, mandioca, tirinhas de peixe e anéis de cebola. Você também pode experimentar uma nova receita de molho para acompanhar. Faça do seu Dia dos Namorados em casa um momento inesquecível.MassasMassa e vinho, o casamento perfeito! Desde um simples espaguete até uma boa pizza feita em casa, a culinária italiana combina perfeitamente com vinho, principalmente o vinho tinto. Prepare um jantar ainda mais romântico trazendo a beleza de Roma, Veneza ou da Toscana para dentro da sua casa.Dica 3: Um docinho para finalizar o Dia dos Namorados em casaJunho é um dos meses mais favoráveis para o cultivo do morango. Isso faz com que seu preço caia e a qualidade aumente. Não existe fruta melhor para combinar com pratos doces. A nossa dica é uma sobremesa super saborosa, fácil de fazer e que pode surpreender o seu amor nesse Dia dos Namorados em casa. Veja abaixo!Receita de Coxinha de Morango com BrigadeiroTempo de preparo: 1hRendimento: 18 porçõesIngredientes:- 2 latas de leite condensado;- 1 creme de leite;- 4 colheres de chocolate em pó;- 1 colher de sopa de manteiga;- Granulado de sua preferência para a finalização;- Morangos grandes.Preparo:1 - Lave e seque bem os morangos;2 - Em uma panela coloque o leite condensado, o creme de leite, o chocolate em pó e a manteiga. Misture bem;3 - Leve ao fogo baixo mexendo sempre até a massinha desgrudar do fundo da panela;4 - Unte um prato com manteiga, despeje o brigadeiro e espere esfriar;4 - Passe margarina nas mãos para evitar que o brigadeiro grude;5 – Pegue o suficiente de massa para cobrir o morango, abra na mão mesmo, encaixe-o e modele a coxinha. Para facilitar, deixe a parte da folhinha  do morango de fora.6 – Em seguida, passe no granulado. Sirva bem geladinho.Depois conta pra gente como foi o seu Dia dos Namorados em casa! Queremos saber se deu tudo certo. E lembrando que para todas as ideias que demos aqui no texto, você pode encontrar os materiais no Covabra, desde os itens para criar o clima até bons vinhos, queijos, frios e também os ingredientes para a sobremesa.Aproveite e viva o amor!

07/06/2021

Segundo IBGE, mais de 47 milhões de domicílios possuem ao menos um cão ou gato

Notícias

Além do número crescente de pets, brasileiros gastam, em média, por mês, R$ 97,04 com o bichinho de estimação de acordo com o GuiabolsoGato, cachorro, passarinho ou peixe. Seja qual for a espécie, o fato é que, de acordo com um levantamento feito pela plataforma de gestão financeira Guiabolso, os brasileiros gastaram quase 10% a mais, em um ano, com seus animaizinhos na comparação de novembro de 2019 e de 2020. Segundo a consultoria Euromonitor, o Brasil é o segundo maior mercado global de produtos pet, atrás apenas dos Estados Unidos. E a estimativa é que, até 2025, o mercado cresça 42,7% na comparação com 2020. O faturamento médio do setor hoje é de R$ 35 bilhões. Por esse motivo o comércio precisa se preparar para receber esses consumidores.É o que fez a Rede Covabra de Supermercados, que tem expectativa de crescimento de 20% para este ano no setor. “Como é uma demanda dos nossos clientes, preparamos uma ação especial para a categoria. Na FEIRA PET, o consumidor vai encontrar, além de super promoções, uma série de marcas e variedades de alimentos, produtos de higiene, acessórios e muito mais", conta Fabiana Prata, gerente do setor de bazar da Rede Covabra de Supermercados. O Covabra identificou também, aumento no número de donos de gatos. O que é confirmado pelos dados do IBGE. Eles ainda não são maioria nas casas dos brasileiros, mas a popularidade dos bichanos tem aumentado fortemente e hoje estão em 19,3% dos lares brasileiros. “Nossa preocupação é caminhar conforme as mudanças do mercado e ter disponíveis os mais variados produtos para atender as necessidades dos clientes”, explica Fabiana.Além da FEIRA PET, o Covabra está apoiando uma ação online com uma digital influencer pet nas redes sociais. A cachorrinha Aisha Maria é uma sensação e tem mais de 15 mil seguidores. O prêmio é um kit repleto de produtos de primeira qualidade. Para saber mais acesse o Instagram do @covabraoficial ou da cachorrinha @aishamaria_shihtz.

28/05/2021

Transforme sua refeição simples em uma diferente experiência gastronômica com café

Notícias

Rede Covabra de Supermercados oferece uma gama de produtos e possibilidades para os apreciadores de café                                                                                De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), os brasileiros consumiram em média de três a quatro xícaras de café por dia no último ano. A bebida é a segunda mais consumida no Brasil, só perde para água. Por estar tão enraizada na cultura dos brasileiros e por ser muito versátil, o café pode entrar no preparo de diversas receitas, sejam elas doces ou salgadas. É a famosa harmonização, arte de combinar alimentos com bebidas equilibrando os sabores, seja por proximidade ou por contraste. Utilizá-lo como ingrediente em receitas, também pode potencializar as características dos alimentos e proporcionar uma experiência única para quem está desfrutando do prato.Para satisfazer os amantes do café, a Rede Covabra de Supermercados preparou um tabloide com uma seleção diferenciada que conta com uma linha premium de cafés e itens que são menos comuns no dia a dia dos consumidores. “As harmonizações mais conhecidas são com o vinho e com a cerveja, porém também existem as combinações que aprimoram o sabor do café, ressaltando as notas que existem na composição de sabor da bebida. Nossa proposta é atender não só os clientes que gostam do cafezinho tradicional, mas também aqueles que se aventuram e experimentam outros sabores dentro da categoria”, conta Claudecir Franzini, gerente de compras do setor mercearia doce do Covabra. Se tem uma combinação que dá muito certo é o café com doces e sobremesas. A regra é simples, quanto mais açúcar tiver a sobremesa, mais encorpado o café precisa ser para acontecer o contraste com o dulçor da sobremesa, elevando os sabores. Combinações com salgados também são um sucesso. Pães, tortas e, até mesmo, carnes. Da mesma maneira que com os doces, a harmonização funciona por semelhança e contraste. Pense nas similaridades dos sabores com os tipos de café. Se o queijo é forte, o café deve seguir a mesma linha.Seja puro, com leite, com ervas, gourmet, com um pedaço de bolo, queijo ou pão, não importa. O que não pode faltar é o café nosso de cada dia. E no Covabra os clientes encontram uma grande diversidade de marcas, tipos e sabores, além de uma infinidade de outros produtos para fazer as harmonizações e receitas.Ficou inspirado e com vontade de colocar a mão na massa? A nutricionista Juliana Porto, da AcessoNutri, elaborou duas deliciosas receitas que tem café entre os ingredientes. Agora, basta providenciar os ingredientes no Covabra Supermercados e seguir o passo a passo. CookiesIngredientes1¼ xícara de farinha de trigo½ colher de chá de bicarbonato de sódio¼ de colher de chá de sal100g de manteiga ou margarina amolecida1 xícara de chá de açúcar1 ovo1 colher de chá de baunilha2 ou 3 colheres de sopa de café passado na hora½ xícara de chocolate ao leite ou meio amargo picado Modo de preparoMisture a farinha, o bicarbonato de sódio e o sal e deixe descansar. Em outro recipiente, bata a manteiga com o açúcar até a mistura ficar homogênea. Acrescente o ovo e a baunilha e continue batendo. Adicione o café e volte a bater. Coloque a mistura de farinha aos poucos, mexendo devagar até ela desaparecer. Misture os pedaços de chocolate. Coloque a mistura com uma colher de sobremesa na assadeira untada e coloque para assar de 12 a 15 minutos, ou até as bordas dourarem, no forno preaquecido a 180ºC. Bolo de chocolate com café  Ingredientes1 xícara (chá) de café coado forte sem açúcar (qualquer marca)2 xícaras (chá) de açúcar4 ovos1/2 xícara (chá) de óleo1 e 1/2 xícaras (chá) de farinha de trigo (sem fermento)1/2 xícara (chá) de amido de milho 2 colheres (sopa) de chocolate em pó 1 colher (sopa) de fermento químico em pó  Modo de preparoColoque no liquidificador, o café coado, o açúcar, os ovos, o óleo e o chocolate. Bata tudo por cerca de 2 minutos. Em seguida transfira essa mistura para uma tigela ou bacia e adicione a farinha de trigo, o amido de milho e o fermento. Misture tudo mexendo de baixo para cima, delicadamente até que a massa fique bem homogênea. Despeje essa massa numa fôrma untada e enfarinhada. Depois leve para assar em forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 40 minutos ou até que, ao enfiar um palito, ele saia limpo.

28/05/2021

Descubra como harmonizar vinhos com pratos inusitados.

Dicas

Harmonizar vinhos nem sempre é uma tarefa fácil. Existe uma infinidade de tipos de uvas, meios de produção e uma complexidade de sabores que só os estudiosos compreendem ao degustar um rótulo. Por isso pode ser um pouquinho difícil para nós, meros apreciadores da bebida, descobrir com quais tipos de pratos cada vinho combina.Mas não se preocupe, porque no post de hoje, aqui no blog do Covabra, o tema é justamente esse: harmonização de vinho com vários tipos diferentes de alimentos; peixes, carnes, sobremesas, enfim: fique com a gente se você se interessa pelo assunto e quer saber mais sobre harmonizações diferentes.Harmonizar vinhos: como fazer isso com pratos incomuns?Normalmente, ao pesquisar na internet, encontramos muitos textos sobre como harmonizar vinhos com massas, carnes e até peixes. Mas e as sobremesas, por exemplo? Ou então comida árabe, frutos do mar... Uma infinidade de pratos podem ser combinados com vinho, e vamos listar aqui como você pode fazer isso.Tipos de vinho:Existe uma variedade gigantesca de tipos de vinho, e dentro de cada categoria podem se ramificar mais subcategorias. Cada uma tem suas próprias nuances, sabor e composição, mas as mais comuns são as seguintes:Espumante: os espumantes são como os vinhos brancos ou rosés, mas passam por duas fermentações. O processo de produção do espumante se divide em três categorias: o Método Tradicional, também conhecido como Champenoise, o Método Charmat e o Método Asti.Vinho Tinto: feito através da extração de uvas tintas. A cor do vinho tinto vem do trabalho com as cascas das uvas. O grau de intensidade da cor e também do sabor desse tipo de vinho depende da variedade de uva usada e o tempo de maceração (quando as cascas descansam no mosto, que é o sumo de uvas frescas que não passaram ainda pelo processo de fermentação).Vinho Rosé: bem parecido com o processo do vinho tinto, a diferença está nos métodos, que se dividem entre Tradicional, Corte de Vinho e Sangria. O Tradicional se baseia em manter cascas e sementes das uvas junto ao mosto de 2 a 24 horas antes da fermentação; o Corte de Vinho é, resumidamente, uma mistura de vinho branco com vinho tinto – técnica não muito apreciada pelos estudiosos; e na Sangria retira-se uma parte do mosto para seguir o processo de fermentação do vinho rosado.Vinho Branco: a diferença do vinho branco para os outros tipos é que as cascas são separadas do mosto assim que são prensadas. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, os vinhos brancos podem ser produzidos com uvas tintas; é a ausência das cascas que faz com que ele fique quase transparente.Fortificado: os vinhos fortificados são os que têm aguardente vínica ou algum outro destilado na composição. Faz com que o teor alcoólico e doçura sejam maiores.Como harmonizar vinho com queijo:Assim como os vinhos, os queijos têm uma infinidade particular de sabores e categorias. É delicioso poder degustar queijos e também vinhos. Então por que não unir os dois? Veja abaixo algumas combinações que podem agradar o seu paladar:Vinho branco ou tinto leve harmonizam bem com os queijos Gouda, Brie e Camembert.Espumantes, fortificados e vinho do Porto vão bem com o queijo Roquefort.Emmental, Pecorino, Grana Padano e Gruyère, por sua vez, são excelentes acompanhados de vinhos tintos encorpados.Ricota e Cottage, por serem queijos mais leves, precisam de um vinho igualmente leve, como espumantes refrescantes e frutados.Como harmonizar vinho com chocolate:Vinho com chocolate é uma delícia, mas aposto que você ainda não tinha pensado nessa combinação. Pois bem: o chocolate que casa melhor com a bebida é o meio amargo, porque ele tem menos gordura e menos açúcar, propriedades que podem atrapalhar as papilas gustativas na hora de sentir outros sabores.Dê preferência a vinhos licorosos, encorpados e fortificados, como o tinto de sobremesa, por exemplo. Se você for fã de vinhos secos, como a maioria dos apreciadores brasileiros, opte por um chocolate com maior concentração de cacau, ou seja, ainda menos gordura e açúcares.Mas isso não significa que é impossível harmonizar vinhos com chocolates gordurosos, como o ao leite ou mesmo o branco. Se esta é a sua preferência, aposte então em um espumante moscatel, já que a acidez da bebida ajuda a remover a gordura que fica na boca após a ingestão desses chocolates.Harmonizando vinhos com a culinária árabe:Também é possível combinar os mais variados pratos árabes com vinho. Veja abaixo algumas indicações.Kibe, kebab ou esfiha: opções leves que levam a carne como ingrediente principal. Combinam bem com tintos frescos e frutados, não muito encorpados.Homus, babaganuche e coalhada: harmonizam bem com espumantes; a acidez contrasta com o sabor dos pratos.Tabule: por ser uma refeição mais leve, é melhor escolher os vinhos brancos não encorpados, para que não se sobreponham ao sabor da salada.Como combinar frutos do mar e vinho:Os frutos do mar são um universo à parte na culinária, uma vez que é necessária grande habilidade para preparar um prato à altura da riqueza de sabor dos ingredientes e também do alto valor agregado. É possível combinar uma série de espumantes com frutos do mar, como o espumante brut, por exemplo. O extra-brut e o demi-sec também combinam muito bem com essas iguarias.Procurando um bom vinho?O Covabra sempre se atenta às tendências e tem ocorrido um aumento na procura por indicações de harmonização de vinhos. Como muitas pessoas estão ficando mais tempo em casa, algumas têm se aventurado na cozinha, e nada melhor do que um bom vinho para acompanhar essas aventuras.Deixamos aqui o convite para que você conheça a adega do Covabra, que é uma das mais completas quando o assunto é variedade e qualidade. Temos rótulos brasileiros, produzidos aqui, mas também temos uma grande diversidade de vinhos importados.Compartilhe esse texto com seus amigos que também gostam de harmonização de vinhos e estão começando a aprender mais sobre o assunto.Até a próxima!

19/05/2021

Como ler um rótulo em 7 passos

Dicas

Como ler um rótulo do jeito certo? Temos plena consciência de que, na correria do dia a dia, é muito difícil uma pessoa ler os rótulos de todos os produtos que compra no supermercado. Apesar disso, as informações que vão na embalagem são o raio-x completo dos produtos, e ficar atento ao que cada detalhe significa pode ser a chave para entender melhor o que você está consumindo e até mesmo melhorar significativamente a alimentação da sua família.Você sabe, por exemplo, o que significa aquela sigla %VD(*) que tem na tabela nutricional de todos os alimentos industrializados? Então fica aqui com a gente que nesse post você vai aprender tudo que precisa saber para ler um rótulo corretamente.Vamos pegar como exemplo o leite em pó de 200 gramas da marca Itambé e colocar uma lupa sobre a embalagem, para ver o que ela nos diz. Você pode fazer isso aí na sua casa com qualquer outro alimento industrializado. Basta ter um rótulo.1. Nome do produto + informações importantes:Antes de irmos para a tabela nutricional, vamos dar uma olhada mais de perto na parte da frente da embalagem. Já temos de cara informações muito importantes do produto:Quantidade;Nome do produto;Informações importantes.Aqui no meu leite em pó tem um aviso bem importante para as mamães e os papais de plantão: ele diz que o produto não deve ser usado para alimentar crianças menores de um ano de idade, exceto se for por indicação médica, e ainda alerta para a importância do aleitamento materno. Muito provavelmente o público usava o produto como alimento para bebês sem indicação médica, o que levou a indústria a ver a necessidade de colocar um aviso como esse na embalagem do produto. Você sabia que leite em pó para bebês é só com indicação? Pois é. Aprendemos só de ler esse rótulo. Também tem outra informação bem importante no rótulo: a quantidade de produto que vem na embalagem. Muitas vezes pegamos o que já estamos acostumados e nem percebemos que as marcas fazem outros tamanhos, maiores ou menores, para se adequar melhor às nossas necessidades e ao nosso bolso também. Na sua próxima compra, dê uma olhadinha nesse detalhe.2. Fabricação, validade e lote:A data de fabricação é importante porque ela registra o momento em que aquele produto foi feito, assim como o lote registra, em códigos internos da empresa, quando e como exatamente o produto se encontrava antes de ser enviado para o supermercado. A validade, você já sabe: específica até quando o produto estará em perfeitas condições para ser consumido.Nesse espaço em branco do rótulo acima, vão as informações de data de fabricação, validade e lote. Se você tiver problemas com um produto – de qualquer natureza – guarde sempre a nota fiscal e a embalagem dele, para que os responsáveis possam verificar o que houve e te auxiliar a resolver o problema. 3. Informações sobre a empresa que fabricou o produto:No rótulo também deve constar o nome, endereço, CNPJ e tudo que os órgãos de fiscalização exigem que as empresas coloquem nas embalagens. Um dos motivos é a transparência: o consumidor final precisa saber de onde veio o seu alimento e como ele chegou até a sua mesa.Além disso, também é possível encontrar o contato do Serviço de Atendimento ao Consumidor da empresa na embalagem. Não hesite em entrar em contato caso tenha alguma dúvida, sugestão ou reclamação a fazer. É através da opinião dos clientes que as marcas melhoram seus produtos.4. Informação Nutricional – Porção:Dificilmente a tabela nutricional vai mostrar a quantidade total de nutrientes que a embalagem toda do produto tem. A indústria alimentícia divide as porções para números compreensíveis, próximos do que usamos no dia a dia, para facilitar a conversão e o cálculo.Por exemplo, na embalagem que estamos estudando, a porção de referência é de 26 gramas ou 2 colheres de sopa. A embalagem toda tem 200 gramas ao todo. Imagine que você gostaria de saber quantas quilocalorias está ingerindo ao colocar um pouco de leite em pó no seu açaí.Se a tabela nutricional viesse com a quantidade total de quilocalorias da embalagem, 200 gramas, o valor energético exposto seria de nada menos do que 992 quilocalorias! Quase a metade do total de energia indicada para uma pessoa adulta, em média (2.000 kcal). Então a indústria já facilita essa conversão para nós.5. Informação Nutricional – Valores:Sempre que você for olhar uma tabela nutricional, o primeiro valor após as quilocalorias será o de maior quantidade na composição daquele alimento. No exemplo do leite em pó, vemos que o nutriente com mais presença é o carboidrato, com 9,6 gramas em cada porção de 26 gramas. É mais de um terço da porção só em carboidratos. Portanto, sabemos que o leite em pó é um alimento que fornece bastante energia.É na tabela nutricional que você também vê o restante da composição, como a quantidade e tipos de gordura presentes, vitaminas, fibras, sódio, entre outros.6. Informação Nutricional - %VD(*):A sigla %VD(*) representa o Valor Diário recomendado, que é uma estimativa de quanto você deve consumir daquele nutriente para manter todas as funções do organismo em pleno funcionamento. O padrão é o cálculo com base em uma dieta de 2.000 quilocalorias, mas cada pessoa tem uma necessidade energética diferente; portanto esses números podem mudar. Para saber qual é a sua necessidade energética, recomendamos uma visita a um nutricionista.Uma vez que você souber qual deve ser o seu consumo energético diário, é possível fazer uma conta, com uma simples regrinha de 3 dá pra descobrir qual é o valor diário recomendado de cada alimento na sua dieta. Supondo que a sua necessidade energética seja de 2.000 calorias diárias, o valor diário de carboidratos recomendado por dia fica em torno de 300 gramas, de acordo com a nutricionista Mirella Pasqualin.Portanto, a conta deve ser a seguinte:300 gramas (quantidade diária) – 100%9,6 gramas (quantidade de carboidratos de 2 colheres de sopa de leite em pó) – x%x = 100 x 9,6/300x% = 3% Substitua os valores pelas quantidades recomendadas pelo seu nutricionista e saiba exatamente cada valor nutricional indicado para você.7. Informação Nutricional – Ingredientes:Outra parte muito importante do rótulo são os ingredientes. É aqui que geralmente ficam os avisos para pessoas que podem ser alérgicas a algum componente, como é o caso do nosso leite em pó, que contém lactose e derivados de soja na composição. Caso você não saiba o que significa o nome de algum dos ingredientes, uma simples busca na internet poderá explicar o que aquele composto faz no produto. É uma atividade bem bacana, aprender mais sobre o que consumimos.Devo me preocupar com alimentos industrializados?Sim, você deve se preocupar não só com alimentos industrializados, mas com tudo que coloca para dentro do seu corpo, afinal de contas, ele vai te acompanhar para o resto da vida, então é importante que funcione bem por muitos anos.Mas isso não significa que você deva abrir mão definitivamente de todos os alimentos que vêm da indústria. Tudo que é demais faz mal, inclusive a restrição. Depois de ler esse texto, temos certeza que você vai querer ler todos os rótulos, e saber o que significa cada ingrediente. É bem bacana descobrir como as coisas são feitas, não é mesmo? Mas não precisa ficar encanado com isso, apenas em alerta e comprometido com a sua própria saúde. 

11/05/2021

© 2019 Covabra Supermercados. Todos os direitos reservados.